Skip to content
Viajar Barato Pelo Mundo

Caribe

caribe

O sol no Caribe brilha o ano todo.  O clima extraordinário, as areias brancas e finas, as praias de águas mornas, os resorts, os hotéis, as pousadas e casas de férias de sonho fazem com que muitas pessoas escolhem este destino para passar as suas férias ou simplesmente visitar. As suas águas banham as costas de diferentes países, continentais e insulares oferecendo aos visitantes uma extensa variedade de paisagens paradisíacas. Não é de se surpreender que as pessoas que visitam essa região retornem para la mais de uma vez.

Porquê o nome Caribe?

O nome “Caribe” deriva dos Karib, um dos grupos de nativos que dominavam essa região na época da chegada dos europeus no final do século XV. Após a descoberta da América por Cristóvão Colombo em 1492, a palavra espanhola Antillas passou a designar essas terras. A partir daí, em vários idiomas europeus, o nome Mar das Antilhas tornou-se uma forma alternativa de nomear  o Mar do Caribe.

O que é e onde fica e Caribe?

Ao contrário do que algumas pessoas pensam o Caribe, também chamado de Caraíbas, não é um continente, nem um país e nem uma ilha mas sim, uma região localizada a leste da América Central, ao norte da América do Sul e a sudeste da América do Norte e do Golfo do México. Está constituído pelo Mar do Caribe, pelas suas várias ilhas, algumas banhadas exclusivamente pelo Mar do Caribe e outras banhadas tanto por esse mar como pelo Atlântico Norte e pelos litorais que o rodeiam.
Situado em grande parte na placa do Caribe, a região compreende mais de 4000 ilhas, ilhotas, recifes e cayos. Essas ilhas geralmente formam arcos insulares que delineiam as extremidades leste e norte do Mar do Caribe.
Este conjunto de ilhas caribenhas está dividido pelas Grandes Antilhas ao norte e pelas Pequenas Antilhas ao sul e leste. A maioria das ilhas localizadas nas Pequenas Antilhas marcam a fronteira entre o Mar do Caribe e o Atlântico Norte e estão divididas em três regiões: Ilhas de Barlavento, Ilhas de Sotavento e as Antilhas de Sotavento que por sua vez se dividem nas Ilhas ABC, nas Dependências Federais da Venezuela e em Nueva Esparta que é um dos estados da Venezuela. Também é considerado parte dessa região o arquipélago de Lucayan, formado pelas Bahamas e Ilhas Turcas e Caicos, apesar de que nenhuma das suas costas sejam banhadas pelo Mar do Caribe.

Mapa do Caribe.

mapa_fisico_do_caribe

O que é o mar do Caribe?

O chamado Mar do Caribe, Mar das Caraíbas ou Mar das Antilhas é um mar do Oceano Atlântico demarcado pelo México e pela América Central a oeste e a sudoeste, pelas Grandes Antilhas ao norte (partindo de Cuba), a leste pelas Pequenas Antilhas e a sul pelo litoral norte da América do Sul.
O Mar do Caribe tem de cerca de 2.7 milhões de km² de extensão, o que o torna um dos maiores mares de água salgada do mundo.

Porque as águas Mar do Caribe são azul-turquesa?

O que torna as águas desse mar tão claras e azuis? Na verdade, existem algumas razões, mas duas delas são as principais para determinar a sua maravilhosa cor:

  • O Caribe é relativamente raso
    Você provavelmente sabe por que o oceano é azul – as moléculas de água absorvem os comprimentos de onda do sol e refletem o azul, enquanto as outras cores são absorvidas. Águas mais profundas possuem uma cor azul escura, já que a luz não pode refletir-se no fundo do mar; em águas mais rasas, a luz é refletida, dando ao azul um tom mais claro. O Caribe é relativamente raso comparado a outras massas de água, o que permite que a luz do sol reflita no fundo do mar fazendo com que a água pareça mais azul e cristalina.
  • O Caribe tem uma pequena população de fitoplâncton
    Outro fenómeno natural que contribui para a beleza deste mar é a sua população fitoplanctônica ou, neste caso, a ausência desta população.
    Esses organismos microscópicos (também chamados de algas) vivem na água e contêm clorofila, o mesmo pigmento que torna as plantas verdes. Os fitoplânctons adicionam um tom esverdeado à água, com matizes que podem variar desde o azul-esverdeado até o verde propriamente dito e dependendo de quantos e quais tipos de fitoplâncton existam em determinada área. Menos fitoplâncton significa águas mais azuis, mais claras, como no Caribe.
    Outros fatores, como poluição, lodo e areia, provocados por tempestades, podem alterar a cor da água, mas, na maior parte, o Mar do Caribe mantém sua característica cor azul-clara. Pronto para ver por si mesmo?

Qual é  a temperatura das águas do Mar do Caribe?

As águas desse mar são quentes, claras e tem níveis de salinidade mais baixos do que as dos Atlântico. A temperatura média das águas é de cerca de 27°C e varia tão pouco quanto 3°C  ao longo do ano.

Algumas Praias do Caribe

Quais são os países banhados pelo Mar do Caribe?

Abaixo, passamos a descrever quais são os países que fazem litoral com esse mar.

Estados independentes continentais:

  • Belize
  • Colombia
  • Costa Rica
  • Honduras
  • Guatemala
  • México
  • Nicaragua
  • Panamá
  • Venezuela

Estados independentes insulares:

  • Cuba
  • Haití
  • República Dominicana
  • Jamaica
  • Antígua e Barbuda
  • São Cristovão y Nieves
  • Barbados
  • Dominica
  • Granada
  • São Vicente e Granadinas
  • Santa Lúcia
  • Trinidad e Tobago
  • Bahamas

O que ver no Caribe.

Ao perguntar-se o que ver e fazer no Caribe, terá uma resposta tão extensa quanto o número de territórios que existem na região. Dentre todas a possibilidades você geralmente encontrará resorts familiares, bem como praias virgens e pouco visitadas; prática de esportes e submarinos marinhos; casinos, centros de apostas, discotecas e vida nocturna; restaurantes de comida internacional e pratos locais; excursões e viagens; hotéis, pousadas, casas de aluguel, centros de férias, em qualquer caso, infra-estrutura para turismo. Cada uma das ilhas e países com costa para o Caribe, oferecem um sol maravilhoso, durante quase todo o ano, um clima muito agradável e preços acessíveis a todo o bolso

Porque escolher escolher essa região?

Para muitos turistas, viajar até esta região representa algo como chegar ao paraíso. Um paraíso rodeado de cristalinas águas azul-turquesa, com areias brancas imaculadas, uma flora incrivelmente verde, uma fauna de tirar o fôlego, comidas deliciosas, pessoas amigáveis ​​e oportunidades ilimitadas de diversão, aventura e relaxamento. Devido à proximidade das suas várias ilhas, muitos viajantes “saltam de ilha em ilha” para experimentar uma grande variedade de cenários e cultura em uma única viagem.

Clima.

O clima caribenho é tropical, moderado em certa medida pelos ventos alísios predominantes do nordeste. Condições climáticas individuais são fortemente dependentes da elevação. Ao nível do mar, há pouca variação de temperatura, independentemente da hora do dia ou da estação do ano. As temperaturas variam entre 24 ° C e 32 ° C.
As horas de luz do dia tendem a ser mais curtas durante o verão e ligeiramente mais longas durante o inverno do que nas latitudes mais altas.
Quanto às chuvas, este fator é diferente em cada ilha. Em Aruba, por exemplo, quase nunca chove; em outras ilhas, os céus podem nublados durante vários dias. O inverno é geralmente a época mais seca, mas mesmo assim pode ser chuvoso em áreas montanhosas. Isso sim, você pode esperar chuvas breves durante a tarde, especialmente em Dezembro e Janeiro.

Alta Temporada.

A estação invernal é considerada a alta temporada de turismo no Caribe. O turismo aumenta de meados de dezembro até meados de abril já que o clima na região durante esses meses apresenta poucas chuvas e as temperaturas bastante agradáveis. Como exemplo, a média das temperaturas mínimas nas ilhas do norte se encontra nos 21ºC, já nas ilhas do norte se encontra nos 26ºC. Sendo assim, esse é o momento perfeito para viajar se você não se importa grandes multidões nem em pagar mais pelo alojamento. Mas atenção! As reservas devem ser feitas com meses de antecedência, porque muitos turistas preferem viajar nessa temporada.

Média Temporada.

A média temporada no Caribe esta compreendida entre o final da primavera e o final do outono, quando o clima é mais ameno no norte. Porém o clima continua quente, pouco chuvoso e as ilhas já estão menos movimentadas do que nos meses da alta temporada. Você pode esperar médias de temperaturas mínimas em torno dos 21ºC e uma média de 26ºC para as temperaturas mais altas. Uma das grandes vantagens de viajar na média temporada está na que os turistas podem, geralmente, obter descontos nos alojamentos, já que há menos demanda por quartos nos hotéis e resorts. As exceções durante a média temporada são a Páscoa e as férias de primavera, quando aumenta o turismo familiar causando um novo incremento nos preços.

Baixa temporada.

A baixa temporada está compreendida entre os meses de Junho, Julho e Agosto. Durante estes meses a região se aquece significativamente e, por incrível que pareça, é durante o verão caribenho quando o turismo diminui drasticamente.  Junho é um dos meses mais chuvosos do ano, já julho e agosto são geralmente ensolarados e agradáveis. As temperaturas durante o dia podem passar facilmente dos 28ºC e mínimas noturnas podem chegar a passar dos 21ºC. A umidade também aumenta nos meses de verão. A vantagem é que  você pode esperar uma grande queda nos preços dos alojamentos (ou seja, menos turistas) e umas férias calmas e relaxante.

Temporada de furacões.

Os furacões caribenhos nascem a muitos quilômetros nas costas orientais africanas, onde bolsões de ar de baixa pressão atraem ventos fortes que, asociados com a rotação terrestre, dá-lhes a clássica forma de redemoinho. No início, são tempestades leves que aumentam gradualmente de intensidade enquanto atravessam o oceano Atlântico sendo alimentadas por ar húmido e quente, à medida que se aproximam do Caribe (ou Caraíbas) e da costa leste dos Estados Unidos.
Estas tempestades leves são conhecidas como “distúrbios tropicais” e podem transformar-se em uma depressão tropical, fenômeno também conhecido como ciclone. Quando os ventos excedem os 64 km/h, este fenómeno passa a ser chamado de tempestade tropical, muitas vezes acompanhado de fortes chuvas. Esta tempestade tropical ganha status de furacão quando a velocidade do vento excede os 120 km/h e se intensifica em torno a um centro de baixa pressão chamado de “olho do furacão”. O diâmetro dos furacões varia de caso a caso podendo chegar a uma extensão de mais de 1500 km e se deslocar a velocidades de maiores que 50 km/h.  Com a tecnologia moderna, radares e satélites meteorológicos conseguem detectar a sua formação, mas geralmente com apenas 3 ou 4 dias de antecedência.
A temporada de furacões no Caribe vai de 1 de Junho a 30 de Novembro, embora durante Setembro e Outubro encontramos o auge para a atividade de furacões. Muitas pessoas evitam viajar a ao Caribe durante estas temporadas, mas nem todas as áreas da região são afetadas igualmente. A porção sudeste tem o menor número de furacões, enquanto as regiões sudoeste e nordeste concentram o maior número deste fenômeno. As áreas do sul como as ilhas de Aruba, Bonaire e Curaçao raramente são afetadas uma vez que os furacões tendem a se afastar da linha do Equador. Barbados também está relativamente seguro contra furacões, experimentando um a cada 20 anos. Se você está disposto a assumir o risco, poderá economizar muito dinheiro em alojamentos e experimentar umas férias tranquilas quanto a pessoas, já que sã pouca aquelas que viajam a região durante essa temporada.

Datas de início e fim das estações do ano

  • Primavera: De 21 de Março a 21 de Junho
  • Verão: De 21 de Junho a 21 de Setembro
  • Outono: De 21 de Setembro a 21 de Dezembro
  • Inverno: De 21 de Dezembro a 21 de Março